8 de junho de 2012

4

Por dentro do Montessori

Por dentro do Montessori

O objetivo da teoria de ensino e aprendizagem criada por Maria Montessori é a formação integral do jovem, uma "educação para a vida"

 O objetivo da teoria de ensino e aprendizagem criada por Maria Montessori

Maria Montessori defende o respeito às necessidades de cada estudante, segundo a sua faixa etária. Mesmo as crianças são capazes de conduzir o próprio aprendizado e ao professor caberia acompanhar esse processo. "Ela acreditava que a educação é uma conquista da criança, pois percebeu que já nascemos com a capacidade de ensinar a nós mesmos, se nos forem dadas as condições", diz Talita de Oliveira Almeida, presidente da Associação Brasileira de Educação Montessoriana.

  • Quem desenvolveu a ideia
A pedagoga italiana Maria Montessori (1870-1952)
  • O que diz
A linha montessoriana valoriza a educação pelos sentidos e pelo movimento para estimular a concentração e as percepções sensório-motoras da criança.
  • Onde está o foco
O foco é o aluno. A teoria montessoriana crê que as crianças trazem dentro de si o potencial criador que permite que elas mesmas conduzam o aprendizado e encontrem um lugar no mundo. "Todo conhecimento passa por uma prática e a escola deve facilitar o acesso a ela", diz a educadora Talita de Oliveira Almeida.
  • Qual o papel do professor
Maria Montessori foi pioneira no campo pedagógico ao dar mais ênfase à auto-educação do aluno do que ao papel do professor como fonte de conhecimento. "Ela acreditava que a educação é uma conquista da criança, pois percebeu que já nascemos com a capacidade de ensinar a nós mesmos, se nos forem dadas as condições", diz Talita. Assim como no construtivismo, os professores assumem o papel de guia, conduzindo e motivando o aluno no processo de aprendizado.
  • Como se aprende
O método Montessori parte do concreto rumo ao abstrato. Baseia-se na observação de que meninos e meninas aprendem melhor pela experiência direta de procura e descoberta. Para tornar esse processo o mais rico possível, a educadora italiana desenvolveu os materiais didáticos que constituem um dos aspectos mais conhecidos de seu trabalho. São objetos simples, mas muito atraentes, e projetados para provocar o raciocínio. Há materiais pensados para auxiliar todo tipo de aprendizado, do sistema decimal à estrutura da linguagem.
  • Como se introduz um novo conceito
Na Educação Infantil, enfatiza a manipulação de peças de tamanhos, formas, texturas e cores diferentes. Na alfabetização, com a ajuda de objetos como o alfabeto móvel, utiliza-se o método fonético, em que o aprendizado parte do som da letra para se construir a palavra e depois o texto. Devido principalmente, às exigências do vestibular, a pedagogia montessoriana raramente é aplicada no Ensino Médio.
  • Quais os reflexos na sala de aula
Crianças de idades diferentes são agrupadas numa mesma turma. Nessas classes multiidades, alunos de 5 e 6 anos estudam na mesma sala e seguem um programa único. Posteriormente eles passam para as turmas de 7 e 8, em seguida para as de 9 e 10, e, finalmente, alcançam o último estágio, que agrega jovens de 11, 12, 13 e 14 anos. Até os 10 anos, os alunos têm aulas com um único professor polivalente, enquanto nas salas de 11 a 14, esse professor ganha a companhia de docentes específicos para cada uma das disciplinas. Para que esse método funcione bem, freqüentemente há atividades em duplas, trios ou grupos. Dependendo do conteúdo, o professor pode dividir a classe em grupos por idade. A maior parte do material didático, especialmente entre os mais novos, é de uso coletivo, como livros e lápis. A avaliação é feita para todas as tarefas, portanto, não existem provas formais. "Além de dar um conceito para cada aluno, os professores preparam boletins detalhados, especificando as posturas e os procedimentos dos estudantes", conta Edimara de Lima, diretora pedagógica da Escola Prima Montessori de São Paulo.
  • Que tipo de individuo pretende formar
Individualidade, atividade e liberdade do aluno são as bases da teoria, com ênfase para o conceito de indivíduo como, simultaneamente, sujeito e objeto do ensino. Montessori defendia uma concepção de educação que se estende além dos limites do acúmulo de informações. O objetivo da escola é a formação integral do jovem, uma "educação para a vida". A filosofia e os métodos elaborados pela médica italiana procuram desenvolver o potencial criativo desde a primeira infância, associando-o à vontade de aprender - conceito que ela considerava inerente a todos os seres humanos.
 
Carolina Tarrío
FONTE/ 
 
 
 

4 comentários:

Amanda Fonseca disse...

Anynhaa, você foi uma das ganhadoras da Galeria de Amigos do Amanda Layouts esse mês!!!
Entra em contato comigo pelo e-mail amandalayouts@yahoo.com.br e me envia os seus dados de contato que vou preparar o banner para a divulgação gratuita do seu blog durante 1 mês!!!
Ficarei esperando.
Bjsss

Dulcilena Henriques disse...

Venha participar de uma brincadeira: Perguntas e respostas. Entre no meu cantinho (lado direito) Beijos
Lena

LUANA disse...

OII ANYNHA ESTOU PASSANDO PARA DIZER QUE VC FOI A GANHADORA DO SORTEIO 1 KIT MAQUIAGEM AVON.JÁ MANDEI UM EMAIL PRA VC,TEM 48 HRAS PARA RESPONDER SE NÃO VC PASSA A SUA VEZ PRA OUTRA PESSOA.BJS PARABENS.

Casa das Bonecas de Pano de Ipiabas disse...

Olá querida de um blog vim conhecer o seu e gostei muito deixo bjs com carinho Leila

google-site-verification: google261ea1355834037a.html